Eras

Lantis – Era 0

Ano – Era 0 – Data 0 à 500

Quando todos os cosmos já estavam estabelecidos, divididos pelos seus Deuses, havia um único local onde ainda tudo era pó.

O cosmos rachou em uma briga de ego e poder, pois cada Deus diferente clamava por ser o mais poderoso de todos e as suas criações as melhores de todas as outras existentes no universo.

Deuses de vários lugares e cosmos juntaram poderes para dar vida ao pó, criando Lantis.

Cada Deus, em sua terra, em seu panteão, dizia que Lantis era originária de seu mundo, inserindo esse mundo fantástico e poderoso em sua cultura, somente para alimentar o seu ego.

A junção dos poderes criadores confeccionou um mundo fantástico e poderoso, onde as criaturas podiam realizar obras surreais, como a magia.

Lantis, foi nomeado como campo de batalha das raças representantes de seus criadores, assim, no final, apenas uma raça iria dominar o mundo e deixar o seu deus como o supremo do cosmos, por ter criado a perfeição.

Assim inicia-se as Guerras Raciais.
_________________________________________________________________________________________________

Lantis – Era 1

Ano – Era 1 – Data 501 à 1000

Batalhas foram travadas por séculos, porém um armistício foi declarado pelas raças sobreviventes, pois seus deuses não olhavam com o mesmo zelo às suas crias, assim Lantis ganharia uma divisão política de fronteiras, e cada raça ficou onde estava previamente estabelecida.

Inicia-se então, uma era de construções de cidades, castelos, fortes, monumentos, dando forma e vida ao mundo de Lantis.

Pequenas guerras são travadas todos os dias entre as raças dominantes, às vezes as raças brigavam entre si para ver quem seria o detentor do poder supremo de cada raça.

Grandes magias arcanas são criadas em função do enfraquecimento da magia divina, a balança do poder mágico fica desequilibrada


Lantis – Era 2

Ano – Era 2 – Data 1001 à 1500

As construções não eram apenas suficientes para rechaçar os inimigos, alianças deveriam ser feitas, para que as raças conseguirem coexistir. Assim foi selado o pacto do Vale Arnin, onde humanos e elfos aliaram-se contra qualquer ameaça. As guerras foram constantes, a aliança rechaçava todo tipo de perigo.
A era 2 foi a mais importante da história, pois foi criados os fortes impenetráveis, em pontos estratégicos no território da aliança.
Após inúmeras batalhas, a aliança não avançava territórios. O seu solo era pobre para o cultivo, criando assim a crise do alimento.
Para a solução deste problema, foi chamada uma terceira raça do ocidente, os honrados filhos dos dragões.
Com a tríade formada, a aliança tornou-se uma força poderosa, expulsando todas as raças dominantes dos territórios proclamados anteriormente.
O continente ocidental era da aliança.
Ao chegar no gargalo norte, onde descobriu-se que o continente oriental era grudado ao ocidental, a aliança marchou até encontrar um obstáculo natural, as montanhas do norte.
Nas montanhas, encontraram o povo anão.
Os filhos de Moradin, ao ver uma aliança pura, resolveu revelar os caminhos para o oriente, além de jurar defender as passagens existentes, em troca, receberiam metais, livre passagem para todos os territórios ocidentais, permissão de comercializar seus produtos em todas as cidades e cota de alimentos.
Com o juramento selado, as passagens pela montanha do norte (ou Montanha dos Deuses, ou Montanha de Moradin) foram fechadas aos orientais.
_________________________________________________________________________________________________

Lantis – Era 3

Ano – Era 3 – Data 1501 à 2000

Após anos de paz, os deuses voltaram para os seus filhos vitoriosos. A magia e o divino estão equilibrados novamente.

A aliança aparentemente estava muito bem.
Porém, humanos populavam 60% da aliança, pela sua alta taxa de nascimentos, em contrapartida, elfos e dragonborns possuiam uma baixa taxa de nascimentos.
Vendo essa oportunidade, dois reis humanos conspiraram.

Os exercitos dos dois reis, o pássaro negro e o passáro branco voaram ceifando os dragonborns, assassinando toda a família real. Os remanescentes fugiram por barcos para o oriente, jurando vingança.

Em seu lugar, os reis pássaros, premiaram uma família para governar o território, os Zanus.

Uma família vassala dos pássaros, enojada com o crime cometido por seus lords e respeitando o pacto do Vale Arnin , contatou o rei Élfico, avisando que o exército humano marcharia em sua direção.

O forte da floresta foi fechado, impossibilitando o ataque humano.
Os humanos bateram a porta do Forte da floresta, e os reis conversaram, avisando sobre um golpe dos dragonborns e que medidas urgentes tiveram que ser tomadas.
Pediram desculpas ao rei Élfico Elonas Fodel.

O rei Elonas Fodel ficou estremecido pela ameaça de extinção que a nação de Allen passou. Se não fosse a ajuda da família humana Macclain, tudo estaria perdido.

Em segredo, Elonas não gostaria de passar mais apuros, então fundou uma sociedade secreta, os Mensageiros, que possuiam a missão de conseguir ter o domínio de todas as informações do reino.

Apesar dos Macclains respeitarem o pacto humano-élfico, os reis humanos viram como uma traição a raça, mas no momento não fizeram nada, pois as relações com os élficos estava desgatada, além de terem tido o apoio dos anões nas reuniões de cúpula da aliança.

Após 90 anos do ocorrido, Zanus, almejando o território Macclain iniciou uma guerra em segredo entre famílias. Os mensageiros ainda não tinham a influencia necessária para o controle das informações, pois Zanus era um território fechado.

Os Macclains foram invadidos pela retaguarda, despreparados, sem tempo para correr com as suas forças para o forte da ponte, foram dizimados cruelmente. O exército sobrevivente estava no forte, junto com a família real dos Macclains. Mesmo com uma proporção de 1 para 200, o forte mostrou-se inexpugnável, porém após 6 meses de guerra, Zanus apresenta sua nova arma de guerra, a arma de fogo. Com a vantagem ao seu lado, Zanus atacou com tudo o forte, forçando os últimos Macclains fugirem.

Zanus evidencia a guerra a todos os reis humanos e clama o território ganho e os espólios, assim tornando-se a maior casa conhecida.


Lantis – Era 4

Ano – Era 4 – Data 0 à 133 (após o expurgo dragonborn)

A era das ordens.
Os mensageiros conseguem o monopólio das informações, com seus serviços de pombos e corvos correiro.
A ordem dos confessores é fundada por clérigos, que queriam ajudar a humanidade a com suas dispustas, tornando o mundo mais pacífico. Com essa premissa, logo ganham força como mediadores, juízes, líderes de vilas, sendo um antagonista dos mensageiros.

Após anos, as ordens são maiores que seus criadores, tornando-se forças atuantes independentes.

O pássaro branco é decadente, quem reina os humanos é o pássaro negro.
Os élfos, reformam o forte da floresta e estão armados até os dentes, temendo ter o mesmo destino dos dragonborns, além de guardar um grande segredo da humanidade.

Grandes Capitais.
Comando Militar da Casa Zanus
Comando Político da Casa Real Rahl dos Humanos
Comando Militar e Político da Família Fodel na Casa Real de Allen
1000 anos de defesa Anão com sucesso na fronteira

Até agora!

Eras

Lantis selune01